terça-feira, 15 de outubro de 2013

O PROFESSOR – ESSE ABANDONADO!

A ausência de valorização ao professor brasileiro e de uma boa infraestrutura do ensino não é por acaso. Tudo isso, é adredemente preparado para que com um ensino de baixa qualidade nossa população continuará no “analfabetismo funcional” e com isso pode ser manipulada pelos políticos mal-intencionados. Você conhece os governantes de um país quando seus professores são preteridos, maltratados, não valorizados e com a ausência total de um imprescindível e eficaz Plano de Carreiras. Segundo notícias irrefutáveis um professor de ensino médio no Paraná ganha na carreira inicial apenas R$ 1.044,94[1] para 20 horas semanais, quando uma diarista chega a R$ 1.704,00. Além disso, um professor para ingressar no quadro do magistério paranaense precisa além de curso superior em Licenciatura (plena ou curta), submeter-se a rigoroso concurso público e ainda para promoções mais a pós-graduação. Todavia, na mídia com dinheiro do contribuinte paranaense uma famosa atriz global, o "governo" tenta melhorar esta imagem dizendo que em dois anos foram nomeados 17.000 (dezessete) mil professores, não dizendo, porém, qual é seu Salário Inicial atualmente! Em cima de um salário irrisório mesmo com 50% (cinquenta) por cento de aumento vai representar muito pouco, assim levando décadas para se ter um "poder aquisitivo" sofrível. Além disso, nem com o "piso nacional" os professores paranaenses ainda não foram contemplados.  Ora, o fundamental em matéria de uma boa administração governamental não é quantidade e a qualidade da estrutura material, mas sim o “reconhecimento transformado em recompensa financeira” do elemento humano que vai comandar a área do ensino do Estado. Mesmo assim, parabenizo o quadro dos nossos valorosos professores, do qual um dia eu fiz parte, que trabalham por remuneração vil, na esperança de um dia ser comandado por um Estadista de visão da verdadeira ciência política em favor dos governados e não “politiqueiros mentores da politicalha” centenária neste país. (Veronesi I.)         




[1] Ver em http://www.esmaelmorais.com.br/2013/03/no-parana-salario-de-professor-e-menor-que-o-de-diarista/

Um comentário:

  1. Eu preciso que algum professor me conteste! Grato. (Veronesi,I.)

    ResponderExcluir